terça-feira, 20 de março de 2012

Dia a dia

Não faz muito tempo que descobri que dia a dia não tinha mais hífen. Assim como lua de mel e pôr do sol. Quando houve a mudança ortográfica, a primeira coisa que fiz foi comprar um dicionário novo. Quem poderia imaginar que aquele pequeno Houaiss ainda não tinha corrigido tudo, apesar de estampar com destaque na capa "nova reforma ortográfica".

A rua aqui na frente de casa está me lembrando algumas das ruas lá de Esmeralda - da época em que eu ainda morava lá. Estão trocando o asfalto e está a maior poeira. Alguns carros que estão estacionados ali na frente têm uma camada grossa de sujeira. Assim como as grades do prédio, que costumam ser bem branquinhas.

Depois de uma semana de viagem pelo Rio Grande do Sul, a vida segue em ritmo intenso aqui no Rio. No DAAD, muito trabalho. No doutorado, muitos e muitos textos para serem lidos e analisados. Tenho de terminar um artigo até amanhã. Ainda bem que pelo menos os três frilas que tinha para este mês eu já acabei.

Claudio aprendeu a fazer pizza no ano passado e desde então alegra-se em testar receitas. Daqui a mais alguns dias, receberemos meus queridos amigos do mestrado para provarem sabores variados.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Vida intensa

Meus dias têm sido bastante corrido. E, acho que pela primeira vez em muitos anos, aquela máxima de que o ano começa depois do carnaval não valeu para mim.

Desde que voltei da viagem de férias, em 9 de janeiro, não parei. Logo na primeira semana de volta, aumentei meu horário de trabalho. E também o volume de trabalho, ganhei novas atribuições e nunca estive tão ocupada nas minhas 30 horas semanais. Nem estou reclamando, pois estou achando melhor assim do que a pasmaceira que era antes.

Apesar de tudo isso, consegui assistir minha novelinha do meio da tarde até quase seu fim, que foi agora no dia 9 de março. Também consegui seguir religiosamente o treino de corrida.

E no Carnaval viajei para Ivinhema para encontrar minhas sobrinhas fofas. Elas estão muito lindas!

As aulas do doutorado começaram na semana passada, tornando meus dias bastante cheios. Para completar, tivemos visitas nas últimas duas semanas.

Primeiro, os amigos queridos de Campinas e Uberlândia. Quem dera tivéssemos esses amigos por aqui. Foi um semana muito legal e intensa.

Na semana seguinte, foi a vez da esperada visita do meu querido Nicolas e da minha amiga mais especial, a Márcia. Com o aumento da carga de trabalho nem consegui dar toda a atenção que eles merecem, mas acho que mesmo assim conseguimos ter bons momentos juntos.

As visitas ainda nem tinham ido embora quando eu tive que viajar. Desde domingo estou no Rio Grande do Sul, divulgando um programa de bolsas para a Alemanha. Hoje encerrei esta parte e terei três dias junto com a minha mãe, em Vacaria.

E em abril ainda tem a Alemanha, mas não estou reclamando. Pelo contrário. :)