quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Por uma vida mais feliz

Nunca vi três quilos e meio mais amorosos do que esses que insistem em não me deixar! Eles até já estão achando que sempre fizeram parte da minha vida. Saiam pra lá! Eu não gosto de vocês!

A gripe parece perder as forças dia a dia. Espero que até dezembro ela já tenha ido embora.

Falando em dezembro, para minha total alegria dezembro será uma mês repleto de saídas do Rio. Primeiro, vamos a Volta Redonda, para um casamento. Depois, Buenos Aires, que eu amo e sempre fico muito, mas muito feliz de voltar. Terceiro, viagem a Tremembé para visitar parentes, Campinas, para visitar amigos e Itaipava, para passar o natal. Muita alegria para alguém que adora viajar!

Tranquilidade

Não sei se foi porque finalmente entreguei o documento da qualificação, mas de repente me deu uma tranquilidade. Ainda preciso enfrentar a banca, mas isso ainda parece meio distante e acho que a ficha deve cair somente depois do fim de semana.

A viagem ao Rio Grande do Sul aconteceu no momento certo. E talvez isso também ajude a ter essa sensação.

Outra razão pode ser a perspectiva de uma festa incrível no fim de semana, quando a Carol e o Marcelo se casarão em alto estilo. Estou contando as horas. Vai ser muito legal!

E também talvez porque agora estou quase me permitindo sonhar com a viagem que faremos no mês que vem. Até então, minha cabeça estava tão tomada que nem podia pensar em caminhar por Paris ou me imaginar em Cesiomaggiore, na Itália.

Isso é muito bom!

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Semana fora do normal

Esta semana foi um pouco esquisita. Novamente cortada por um feriado, mas diferente da semana passada, quando recebemos visitas e a casa ficou superanimada.

Terça-feira foi um dia bem especial, aniversário do Claudio. Como não precisei trabalhar, fiquei mais feliz e acabei tirando realmente o dia livre. Nem peguei nos livros e cadernos de aula. Foi bom. Apesar de isso ser apenas empurrar o mal com a barriga.

De qualquer forma, a semana havia começado meio esquisita. Acho que fiquei meio cansada dos agitados dias anteriores, quando dormimos pouco e fizemos mil coisas. Fiquei cansada, mas foi por um ótimo motivo, nossas visitas, que adoramos receber, sempre.

Passei a segunda-feira no trabalho caindo pelas tabelas, literalmente. Se tivesse um sofá aqui na minha sala, eu teria dormido esparramada.

Nesta semana, os estudos não foram realmente a minha prioridade, ainda mais depois que descobrimos que a professora de quinta não poderia ir à aula e um seminário que apresentaríamos fora transferido para o dia 29.

Aproveitei para acabar de ler os 50 Tons de Liberdade. Comecei meio que reclamando. Depois de duas semanas, eu havia perdido a conexão com os personagens. Mergulhei de cabeça nos primeiros dois volumes, de tal forma que eles pareciam meus conhecidos, mas depois de duas semanas e tanta programação, acabei meio que me desligando.

Foi difícil recuperar a paciência com o instável Christian Grey, mas à medida que voltei a ler, e novamente aos supetões, logo me vi enredada pela história. O livro é cheio de defeitos, mas, como adoro uma história de amor, acabei fisgada novamente. Acabei ontem e, confesso, as últimas páginas, nas quais ela mostra a versão de Christian, me fez querer voltar ao começo do livro. Nada mais óbvio, pois é quando ocorre o envolvimento amoroso, por assim dizer, antes de começarem com o - intenso - contato físico. No fundo, não resisto a uma história de amor, por mais tola e superproduzida que seja.

Para completar a semana, uma gripe começou a chegar às quatro da tarde de quarta-feira. Maldito ar condicionado do consulado alemão. Hoje já é sexta e sinto que o fim de semana será meio de molho. Pena que agora não posso mais me escapar dos trabalhos de aula. Será um pesado fim de semana de estudos, mas não há de ser nada - Pollyanna -, na outra semana já estarei de férias!!!

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Dispersão e dores

Lendo sobre a lei de Bradford, que trata sobre a dispersão dos artigos acadêmicos sobre determinado assunto, acabei, claro, me dispersando. Tem sido assim nos últimos dias. Talvez seja a pressão de ter que terminar cinco trabalhos para o curso, talvez.

Os últimos dias foram bastante agitados. Primeiro chegaram algumas visitas, depois ocorreu finalmente a festinha de aniversário do Claudio, em seguida tivemos o almoço de aniversário do blog e mais alguns programas com os amigos de fora que estavam na cidade.

Agora, querendo voltar à realidade, me pego meio distraída. E, no fundo, é tão bom estar distraída. Há alguns dias, estou com uma dor no meu ombro direito. Um amigo disse que deve ter sido muita tensão por conta do aniversário, mas eu nem fiz grandes esforços para organizar a festa, foi até divertido.

Tenho dois médicos à tarde. Então só poderei investigar esta dor amanhã. Espero que até lá ela se distraia e vá embora...

Agora talvez seja melhor me manter atenta apenas às dispersões de Bradford.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Inevitável

Sempre que morre alguém próximo ou algum famoso que conheço desde criança, fico pensando... na vida.

A morte é inevitável, todos sabemos, mas ela sempre consegue nos pegar de surpresa. Parece que não acreditamos quando alguém chega ao fim. Eu nunca fui tão ligada ao ator Marcos Paulo, mas de um jeito ou de outro, sempre soube o que ele andava fazendo ou com quem estava namorando. Em 2001, durante férias em Natal, ficamos hospedados no mesmo hotel. Ele ainda era casado com a Flávia Alessandra e a filha dos dois era pequenininha.


Essa aproximação com o tema me faz pensar o óbvio: melhor mesmo é aproveitar cada momento da melhor forma possível, sem ficar se prendendo no que não vale a pena.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Vida minimalista - ou meu assunto preferido no momento

Minimalismo

Confesso que até ontem eu nunca tinha parado para pensar nessa palavra. Claro que algum sentido ela tem para mim, mas nunca pensei na conotação que ela passou a ter neste momento.

De umas semanas para cá, como já escrevi aqui, comecei a me interessar (ainda mais) por organizar coisas, organizar tarefas, organizar minha vida.

Minha leitura diária preferida vem sendo do blog Vida Organizada e, por acaso, descobri que uma das minhas melhores amigas aqui no Rio também está nessa. Então, começamos a conversar muito sobre assuntos afins. Estamos até pensando em fazer o curso de personal organizer da OZ no começo de 2013.

Ontem, a querida Daise, de Florianópolis, me mandou uma ótima dica de blog: http://busywomanstripycat.blogspot.com.br. É de uma portuguesa bem simpática, a Rita B. Domingues.
Navegando pelo blog, descobri que a Rita escreveu o Guia rápido para simplificar a vida. Ontem mesmo já baixei no iPad para começar a ler.

Assim como livros de vida saudável, o guia tem temas e ideias que talvez todo mundo já tenha ouvido falar, mas que nunca se consegue colocar em prática - seja por preguiça ou a impertinente desculpa da falta de tempo (o que, sinceramente, é a desculpa mais esfarrapada do mundo, pelo menos entre as pessoas que eu me relaciono).

Minha meta é ir organizando tudo aos poucos, diminuindo as tralhas em casa e simplificando a vida, para gastar tempo com o que realmente interessa.

(Obrigada, Daise!)

sábado, 3 de novembro de 2012

Organizando a vida

Desde que comecei a ler o vidaorganizada.com, estou tentando colocar minha vida mais em ordem, assim como as coisas aqui em casa. Sempre tive ataques de organização, nunca gostei de ter excesso de coisas em casa, mas agora estou tentando realmente ficar com o necessário, colocando esse necessário na melhor ordem possível. Como a Thaís sempre escreve, organização nunca tem fim. 

No começo do mês passado, fiz uma lista de coisas que queria realizar em outubro:


OUTUBRO
- Levar os lixos recicláveis para o Light Recicla. FEITO, mas agora já estamos novamente com muitos quilos de lixo reciclável esperando para serem entregues. Estou me programando para fazer isso na próxima terça-feira, 06.11
- Imprimir fotos do ano. NÃO consegui fazer, mas pelo menos preparei as fotinhos.
- Começar a planejar as compras de natal. NÃO DEU AINDA.
- Terminar leituras das prof. Gilda. FEITO, mas agora há novos...
- Estudar mais o material do curso on-line sobre comunicação científica. FEITO em termos, ainda não chegou ao fim.
- Marcar os últimos médicos do ano. FEITO
- Buscar lentes de contato. FEITO

Chega a hora então de programar o mês de novembro, que já começou.

NOVEMBRO
- Imprimir fotos do ano.
- Começar a usar o método GTD.
- Ir à academia com maior regularidade.
- Planejar Natal e Ano Novo.
- Comemorar o aniversário do Claudio.
- Começar a comprar os presentes de Natal.
- Terminar os trabalhos de aula.
- Trabalhar no projeto de doutorado.
- Voltar a estudar inglês e alemão, em casa.

Acho que já está bom de projetos para este mês. Devido aos trabalhos de aula, terei que dedicar mais tempo aos estudos. Torcer para conseguir, finalmente, administrar meu tempo de maneira mais satisfatória.

No mais, estou baixando hoje a ferramenta Toodledo, para ajudar no meu projeto de usar o método GTD.

Nesta semana, consegui ir quatro vezes à academia, o que me deixou muito feliz. Fiz apenas caminhadas. Quero voltar a correr e a malhar, mas já fiquei superfeliz por conseguir me exercitar, mesmo que de maneira mais leve. Perder 3kg é uma meta para ser vencida em 2013 de qualquer jeito!

A partir de hoje também viverei a experiência de ter internet 24h. Fomos na Vivo ontem e mudamos nosso plano. Vamos ver como vou conseguir lidar com isso ou se ficarei ainda mais viciada...