sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Bom começo de ano

O ano começou meio nublado no Rio de Janeiro. A temperatura, porém, é de verão, e já basta para dar um novo ânimo para começar logo a fazer planos e colocá-los em prática.

Assistimos Marley e Eu. Que filme fofinho. Labradores e são bernardos são os meus cachorros grandalhões preferidos. Marley é realmente uma figura, indisciplinado, louco, mas tão carinhoso e presente. Deu até vontade de ter um. :)

O ano começou com sessão de cinema e outra coisa que gosto muito: algumas horas de leitura. Estou lendo O Mago, de Fernando Morais. Em 1991, li O Alquimista e logo em seguida li rapidamente O Diário de um Mago e Brida. Esses eram os livros de Paulo Coelho que existiam na biblioteca municipal de Esmeralda naquela época. Estou com preguiça de olhar no google, mas acho que era poucos os livros escritos por ele até então. Fiquei superimpressionada, fiz muitas anotações no diário. Todas as frases impactantes de O Alquimista devem estar escritas até hoje em algum dos muitos cadernos que mantive naquela época.

Depois que li os três nunca mais li nada de Paulo Coelho, entrei na faculdade e comecei a ouvir falar muito mal dele. Agora, ao ler a biografia muito bem escrita pelo Fernando Morais (a quem entrevistei em 2000), deu vontade de reler o Alquimista. Talvez não os outros livros, por enquanto, mas esse porque lembro que me fez ficar horas pensando. Bom, eu tinha 14 anos. Vamos ver como será a leitura agora, 18 anos mais tarde...

Nenhum comentário: