Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

Balanço 2012 e os primeiros pensamentos para 2013

Imagem
Estava começando a escrever este post, já com a primeira frase digitada, quando resolvi dar uma olhadinha no post do final de 2011 em que fiz um balanço do ano. Para minha surpresa, a frase era exatamente a mesma. Que legal! Foi meu primeiro pensamento. Começava assim: "Não posso reclamar de 2011".

Fato é que não posso reclamar mesmo da minha vidinha tranquila. Sou muito agradecida por isso. Apesar de algumas angústias que eventualmente surgem, os três quilos que se apegaram ao meu corpo e a indecisão sobre o que fazer no doutorado, levo uma vida pacata e feliz.

Em 2012, isso não foi diferente. Ao começar o ano, eu tinha algumas metas. Olhando-as agora, um ano depois, fico feliz de ver que consegui quase tudo que tinha planejado.

Li pelo menos um livro por mês, acho que até mais, além dos materiais de aula, que foram muitos. Fiz também um curso on-line sobre Comunicação Científica, que achei bem bom. As disciplinas do doutorado foram mais interessantes do que as realizadas d…

Mês de despedida do ano

Dezembro foi um mês bem agradável, com casamento, confraternizações variadas, viagem a Buenos Aires, encontros com muitos amigos na reta final, bronzeado e dias ensolarados.

Agora chega a hora de fazer o balanço do mês e do ano como um todo.
Dos planos para dezembro, pouco consegui colocar em prática, mas valeu mesmo assim. Há tempo para tudo o mais nos próximos 12 meses. 

Planos para DEZEMBRO 2012
- Imprimir fotinhos e algumas para presentear aos amigos. Não deu para fazer a seleção direito. E agora já temos algumas mais novas e legais dos encontros mais recentes.
- Dar continuidade ao uso do método GDT, aperfeiçoando-o. FEITO
- Empacotar presentes de Natal. FEITO
- Terminar trabalhos de aula. FEITO em parte, ainda tem mais um para o próximo mês. 
- Aprontar uma versão do projeto de doutorado e marcar encontro com orientador. Nem perto de conseguir... :( #angústia!
- Começar a organizar método de estudo de inglês e alemão. Ainda não deu.
- Definir como serão os posts do projeto Rio 2013. Mais …

Dezembro

Dezembro é um mês engraçado. Quer dizer, dezembro faz as pessoas terem comportamentos curiosos.

Durante os outros 11 meses ninguém tem tempo para nada. O que mais se ouve é: "Estou na maior correria." "Sem tempo para respirar." "Quero férias!" "Chega sexta-feira!"

De repente, chega dezembro. O mundo continua igual, mas todo mundo quer se encontrar, marcar amigo-secreto, fazer um brinde, colocar a conversa em dia... E, como em um passe de mágica, o tempo que nunca tiveram (tivemos) ao longo de 11 meses aparece!

E logo desaparece, claro, pois são tantos compromissos que logo recomeçam as lamúrias. "Não aguento mais tanto comer." "Todo dia tem festa!" "Todo mundo resolveu se encontrar."

Não chego à conclusão alguma, mas fico pensando que somos mesmo muito enrolados, desorganizados e com uma quedinha para reclamar de tudo.

Balanço de novembro e planejamento para dezembro

Eu já imaginava que novembro passaria rápido. Quer dizer, que eu teria essa sensação. Meu mês esteve dividido em duas partes. A primeira começou ainda em outubro, quando dei início à contagem regressiva para o aniversário do Claudio. Foram 40 dias de pequenos presentinhos. Os mais esperados, para mim, estavam programados para os dias 16 e 19 de novembro.

Dia 16 foi a festa surpresa que comecei a organizar ainda em abril. Planejar com essa antecedência foi a melhor coisa que fiz. Deu tempo de fazer os orçamentos com calma, de escolher o lugar contando com a ajuda dos amigos mais experientes, de convidar as pessoas de longe primeiro e dar-lhes a oportunidade também de programar a vinda com calma.

Eu fiquei muito feliz com o resultado. A festa foi no restaurante Pistache, onde reservei o deck. O serviço foi perfeito. Creio que o Claudio e os convidados gostaram. No fim de semana da festa, recebemos muitas visitas e revimos várias pessoas queridas. No final, 57 convidados conseguiram est…

Sensação boa

Que felicidade! Férias. Mesmo tendo ainda que terminar três trabalhos de aula, nunca imaginei que ficaria tão feliz com o final do semestre. Tão logo concluímos a apresentação do trabalho na aula da professora Lena, fui acometida por esta sensação tão boa. Depois ainda fomos almoçar em um lugar com vista superbonita.