terça-feira, 31 de agosto de 2010

Pelo interior da França


Ainda bem que ainda passaremos mais um dia em Paris, para nos despedirmos dessas gostosuras ai de cima. Esta padaria fica em Montmartre.

Depois de alguns dias muito bacanas em Paris, partimos em direçao a belos cenarios do interior da França.

Realmente é uma paisagem diferente daquela a que estamos acostumados. Paramos em Troyes, Auxerre e Chablis, passando no caminho por diversos povoados. Gosto muito do tom monocromatico. Aqui as flores dao o colorido. Legal é que em um mesmo vaso sao plantadas varias mudas. Farei isso em casa quando voltar. (Falando nisso, muito obrigada, Mauro, por molhar nossas plantinhas)

O teclado frances é um pouco diferente do nosso. Devo estar fazendo uma boa ginastica com meu céerebro neste momento.

Agora estamos em Dijon, num cybercafe, baixando as fotos da maquina. A tarde sera pela Borgonha.

A verdade é que viajar é muito bom e estou bem feliz!

domingo, 29 de agosto de 2010

Paris - Segundas impressoes

Mais algumas impressoes da viagem:

- Italianos resolveram aproveitar os ultimos dias de ferias por aqui... É o idioma, depois do frances é claro, que mais temos ouvido.

- Notei que o sistema de duas descargas ja foi bem adotado por aqui. Isso é fantastico.

- Legal observar que nos restaurantes a que fomos que ninguem bebia coca-cola e sim agua. Mesmo porque uma garrafa de agua sempre e servida como cortesia quando se pede.

- O cafe da Amelie Poulain é mais bonito no filme, mas valeu a visita.

- Num domingo é preciso ficar atento, pois tudo fecha impressionantemente cedo.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Paris, primeiras impressoes

Fazia um pouco mais de 11 anos que eu tinha vindo a Paris. Lembrava de poucas coisas. Em dois dias, deu para observar varias outras.

Mulheres francesas sao magras. Deve ser a dieta muito boa que seguem de bom croissant, bom vinho...

Esta mais frio do que eu esperava.

Vim a Europa para conhecer mais sobre meus antepassados e por ironia do destino me deparei com uma 'parente' aqui em Paris. O sobrenome igual quase nos fez ficar sem hotel.

Hoje sera noite de baguette fresquinha, queijos variados e um vin rouge.

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Au revoir

Os últimos dias foram bem puxados, apesar de eu já estar de férias.

No domingo, apesar do pouco treino, resolvi fazer a meia maratona. Foi uma experiência muito bacana! Recomendo - e muito. Durante os 21 quilômetros, você vai encontrando tanta gente animada e corajosa. Emocionante passar pelo Vidigal e ir tocando na mão de um monte de molequinhos enfileirados que estão ali empolgados para te fazer seguir adiante.

Eu fui ficando muito para trás e quando passei pela orla já não havia muita gente, mas os que estavam lá, estavam bem animados. Eu passava batendo palmas e quando via um monte de gente estava fazendo o mesmo.

É uma prova cansativa, é certo, mesmo para quem correu apenas uma parte e caminhou o resto. Só que é tão empolgante que em nem um momento passa pela cabeça desistir. Quando cheguei ao km 14 ainda ganhei um reforço. Duas amigas de Caxias do Sul, a Eliane e a Zilá, estavam lá me esperando para me acompanhar. Acabei deixando as duas para trás. :)

O cansaço de verdade bateu no km 17, mas aí faltava tão pouco, que fui levada pela emoção. Ainda restavam uns poucos junto comigo.

Na reta final, eu quase chorei. Fiquei me segurando muito para não começar a soluçar quando passei a linha de chegada. É muito emocionante! Ano que vem tem mais.











***

Este mês de agosto foi bastante pesado, mas agora está na hora de descansar. Esses últimos três dias foram intensos, com uma lista enorme de coisas para resolver, mas está quase na hora de entrarmos no avião e curtirmos nossas férias!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Referências

Estava escutando uma música do Simple Minds e o Claudio gritou lá do quarto:

- Quer ir ao show do Simple Minds?
- Mas agora já perdemos a promoção!

Fiquei pensando que não conheço aquela música porque é do Simple Minds, mas por ser da trilha de dois filmes. E foi o que disse em seguida para o Claudio.

- Você ouve essa música e pensa na banda. Eu a ouço e me lembro de dois filmes dos anos 80.

A música era esta:

domingo, 15 de agosto de 2010

Ano bom

Estava pensando dia desses que não posso reclamar deste ano, pois ele está sendo mais produtivo do que esperava. Não tivemos os vários jantares que realizamos aqui em casa no ano passado, em compensação nunca fomos tantas vezes à praia como no último verão.

Já fizemos duas provas, na semana que vem faremos mais uma e, pelo que já vimos, neste ano dará para fazer todas as corridas do Circuito Adidas.

O mestrado, apesar de todo o sofrimento inerente, está indo bem. Acho que o processo está sendo bom para amadurecer.

Vimos a temporada inteira de House, sem perder um capítulo.

Viajei duas vezes para o Rio Grande do Sul. E ainda tenho duas viagens grandes no segundo semestre, sendo que uma é a ida à Europa, depois de seis anos! e a outra, a Aracaju, é a retomada das viagens junto com a mãe.

E ainda temos cinco meses pela frente, cheios de boas perspectivas.

sábado, 14 de agosto de 2010

E foi-se mais uma semana

Esta semana foi muito mais tranquila que a última, mas acho que agora já está na hora de começar a me preocupar de novo com meu mestrado, um pouquinho, pelo menos, antes das férias.

Hoje ouvi novamente a gravação, para começar a ver o que mudarei, o que ficará igual, o que será reduzido... Há muito, mas muito trabalho pela frente. Que venha!

***

Hoje fui à reunião dos 40 anos do programa de pós-graduação do Ibict. Foi a mais divertida até agora. Estava todo mundo com uma veia para o bom humor. Foi boa e acho que uma das mais produtivas.

***

Passadas as bancas, começamos a pensar na festa que faremos para comemorar esta fase. Será na casa de uma colega que nem está aqui no Rio para concordar ou não. :)

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Afilhados

Esses dias eu tinha contado para minha comadre que estava com alguns probleminhas de saúde, algumas carências de vitaminas. Hoje ela me escreveu contando que comentou isso com meu afilhado, de quase cinco anos. Logo que ouviu essa notícia, ele saiu correndo, sumindo no corredor do apartamento. De repente, voltou e mostrou para a mãe o que havia ido pegar: uma caixa de paracetamol, que gostaria de enviar para a madrinha aqui. Quase chorei ao ler isso. Dá uma pena viver longe do Nicolas.

Outra notícia que tive nas últimas semanas foi da minha afilhada mais antiga, mas não a mais velha. Caroline tem 18 anos. É linda! E, acabei de saber, passou no vestibular da FURB para Medicina. Fiquei bem feliz.

Um post para o Dauro: Rua Paulino Fernandes, Botafogo

Agora acho que não me esqueço mais. No último domingo, aproveitando o sol, saímos à cata de um lugar para tomar um café. Depois de dar de cara com o Cake & Co. abarrotado de gente, resolvemos ir lá no Armazém do Pão, na rua de trás, como costumo dizer. Na volta, passamos pela Paulino Fernandes, rua que teimo em não guardar na memória. Acho que agora não terei mais problemas, pois gravei que ali tem uma agência de correios, bem pequena e com pouco movimento. Hoje mesmo fui lá.

Para o Dauro matar as saudades, algumas fotinhos. :)





sábado, 7 de agosto de 2010

Um resumo dos últimos dias

Qualificação

Na quinta-feira passada foi realizada minha banca de qualificação do mestrado. Que tensão! Passei o início da semana bem preocupada. Preparei a apresentação, repassei cada slide com meu orientador. Levamos quase duas horas fazendo isso. Corrigi o que estava incompleto. Repassei tudo, ensaiei várias vezes. E chegou o grande dia. É claro que eu estava angustiada, mas acabou dando tudo certo. Esqueci apenas de uma das frases ensaiadas, mas ela nem fez falta.

A apresentação serviu como um complemento ao documento escrito que eu já havia entregado. Foram 20 páginas escritas e mais 20 minutos apresentando a ideia do mestrado. Eu vou pesquisar sobre busca e recuperação da informação na web, dentro do programa de pós-graduação em Ciência da Informação do convênio IBICT e UFRJ.

Depois da apresentação e dos comentários da banca, resolvi me dar uns dias para descansar a cabeça. Aproveite a quinta à tarde para ver um filme (Queime depois de ler). Depois fui comemorar com o Claudio, que também tinha um compromisso bem importante na quinta. Foi legal.

Fleur de Lune

Na sexta-feira, dediquei-me a acabar um frila e à noite fui conhecer a Fleur de Lune, uma gatinha meiga, muito fofinha e esperta. Ela é 'filhinha' da Marie. Ela é tão levinha. Muito fofa. Para fechar a noite, fomos jantar no Carmelo, um restaurante bem simpático ali no Catete.



Sábado de bobeira

Adoramos sair para caminhar sem rumo e nem sei quando havia sido a última vez. Creio que ainda no ano passado... Como me dei esses dias de 'férias', hoje acordamos tarde e saímos sem rumo. Depois de uma breve parada no Jardim Botânico, acabamos indo tomar café lá na Cafeína do Leblon. Estava meio esquisita - café meio frio, manteiga derretida demais... -, mas foi divertido, no final.

Após o café, saímos em direção a Ipanema. Queríamos ver o que havia de novo. Fomos da ponta do Leblon até a Praça General Osório, parando aqui e ali de vez em quando. Muito bom!







domingo, 1 de agosto de 2010

Ando bem repetitiva, mas realmente não penso em outra coisa, a tal da qualificação. Meus colegas e eu só falamos disso, Claudio acho que não aguenta mais saber e meu pescoço, coitado, não vê a hora que tudo isso passe.

Aliás, amanhã vou para a quarta sessão de fisioterapia, mas hoje tive uma recaída medonha. Acho que só vai curar mesmo depois que eu fizer a apresentação e puder pensar somente em uma coisa: a viagem de férias.

Até agora, diferente de todas as outras vezes, ainda não pesquisei a exaustão as cidades por onde passaremos, quais são os melhores passeios, onde ficam as lojas de vinhos - para o Claudio -, se ainda vai ter liquidações de verão... Tudo isso, tomará meu tempo, mas de maneira muito mais leve e divertida, a partir da próxima semana.

Fim de semana - estudos, diversão e mais

Entramos finalmente na semana da banca de qualificação. Como diz minha mãe: "Se tem que morrer, que não adoeça". Sendo assim, não vejo a hora de chegar a quinta-feira e resolver essa história!

A apresentação está pronta. Amanhã, mostrarei novamente ao orientador para os últimos ajustes. Ainda preciso ensaiar e pretendo fazer isso bem feito até quinta. É a pior parte, a apresentação - por vários motivos.

***

Passamos o fim de semana em Copacabana, na casa da mãe do Claudio. Só demos uma saidinha para ir até a Barra da Tijuca no aniversário do Gilberto. Gostei tanto da festa, tinha pessoas tão interessantes. Uma das coisas que mais gostei do grupo, acredito, foi o fato de não ter ninguém que monopolizasse a conversa. Acho que não gosto quando vou a algum lugar e só uma pessoa fala, tem histórias para todas as situações... E ainda pude rever o Esperto e o Feliz, que continuam os mais fofos deste mundo!