sexta-feira, 20 de maio de 2011

As sacolas de plástico

Agora foi São Paulo que proibiu o uso das sacolas de plástico.

Às vezes entendo, às vezes não entendo como este tema pode causar tanta polêmica.

Olhando agora os comentários publicados a partir da notícia no Globo, fico impressionada com algumas coisas.

Nos apegamos ao fato de que as sacolinhas servem para colocar o lixo doméstico. E que tragédia não ter mais essas sacolinhas para fazermos isso. Ali nos comentários, há vários dizendo que se recusam a comprar sacos de lixo.

Como será que se fazia antes, quando não havia essa enxurrada de sacolas de plásticos?

Outra coisa que fiquei pensando, o que essas mesmas pessoas fazem com todo o estoque semanal de sacolas que pegam nos supermercados? Se nos outros lugares funciona como aqui no Rio, todo mundo deve ter quilos e quilos de sacos plásticos em casa, e teriam seu sacos de lixo garantidos por meses, quando não anos. Aqui, ao comprar cinco produtos, os consumidores conseguem levar até mais de cinco sacolas para casa. Primeiro porque colocam sempre duas, não interessa se é uma garrafa de coca ou se é simplesmente um ou dois pães. Segundo porque muitos pensam que vão contaminar suas frutas/bolachas/farinhas ao colocar uma pasta de dente na mesma sacola...

Sei que é sempre mais fácil culpar o outro e é mais ou menos isso que acabo/acabamos sempre fazendo. Puxa, mas o que custa ter uma sacola de pano ou papel e usá-la algumas vezes?

Tudo precisa ser sempre tão dramático?

Por que quando se trata do coletivo seguimos sendo sempre tão resistentes?

Por que nos tornamos cada vez mais egoístas e agimos como se o problema do lixo (ou a questão da água) não nos dissesse respeito?


Imagina então começar a falar sobre separação de lixo...

2 comentários:

EM! disse...

Rafaela,
acredite esta "caças as bruxas" nas sacolas plasticas é muito mais interesse e lobby dos produtores de cana do que preocupação ecologica!

E pasme em recente passagem por bruxelas a sacola plastica igualzinha a nossa é recomendada pelos supermercados a ser reutilizada com sacola de.....lixo!
Marcão

Le Vin au Blog disse...

Marcão, Marcão, um dia ainda precisamos marcar um café para falar sobre esse assunto pessoalmente. :)

Eu não ligo se as pessoas usam as sacolinhas para colocar o lixo. Uma vez que estão com as sacolinhas guardadas em casa, tem mais é que usar mesmo. Só não acho que esse deva ser o argumento mais forte para não evitar pegar tantas sacolas no supermercado (como os que apareciam naquele dia na notícia veiculada pelo Globo).

O que me incomoda é alguém comprar qualquer coisa e sempre precisar de uma quando não duas sacolas. Na farmácia, por exemplo, cansei de ver mulheres comprando coisas pequenas e sempre pegando uma sacola, ao invés de simplesmente colocar a compra na bolsa - enorme que normalmente usamos. Isso eu não entendo.

Também não entendo aqueles que comprar um guardanapo e pedem para colocar em duas sacolas. Esse tipo de coisa me incomoda - e bastante! Acho sem noção.

Já li sobre os benefícios do uso das sacolas. Esses tempos saiu uma notícia dizendo que era melhor apelar a elas do que comprar essas sacolas vendidas pelos supermercados, deixá-las esquecidas em casa e terminar por jogá-las no lixo. Nesse contexto, são piores do que as sacolinhas.

Beijo. Rafaela