segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Momentos difíceis

Com a troca de horário no trabalho, no meio da tarde eu já estava passando pela Praia de Botafogo em direção ao metrô. Avistei na frente do BB um engraxate. Por acaso hoje havia saído de calçado preto. Pensei: por que não engraxar o sapato? 
O engraxate de chinelos de dedo e roupa puída me disse que era de Duque de Caxias e que hoje o movimento estava fraco. Àquela hora já estaria voltando para casa em um outro dia, mas hoje estava ruim. 
O serviço custaria 2 reais, mas acabei dando um tanto mais. E ainda achei que foi pouco. Não temos que suprir o que este país despreparado não oferece às pessoas (a nós todos), mas por várias vezes fico me sentindo meio mal por gastar em um jantar o que uma pessoa dessas usa para passar um mês.

Nenhum comentário: