domingo, 20 de abril de 2014

Bruxelas

Chegamos na quarta, dia 16, a Bruxelas, depois de praticamente dois de viagem, iniciada em Vacaria, passando por Porto Alegre, Rio de Janeiro e Paris. 

O voo foi bem tranquilo, felizmente. Saímos às 16h20 do Rio e chegamos em Paris às 8h04. Antes das 9h já estávamos liberadas. 

O que eu faria diferente numa próxima é marcar a viagem seguinte para antes do meio-dia. Cansamos de esperar pelo trem das 13h07 - que ainda atrasou 20 minutos. 


Bruxelas é fofinha. Pequenina, mas linda! Eu gosto daqui. Há lugares belos para se visitar, chocolates, cervejas, lojas variadas, além de moules et frites. 


Caminhamos muito hoje, praticamente o modo Claudio-Rafaela de curtir as férias. A mãe aguentou firme. Só que com ela, às 20h já estamos nos recolhendo no hotel. Com o Claudio, eu ainda iria sair para jantar e tomar um vinhozinho. 

É bom falar inglês em um lugar em que este não é o idioma oficial. 

Na frente de nosso hotel, do comecinho da manhã até a noite cair, passam bandos de asiáticos. Para uma ocidental como eu, parece sempre ser o mesmo grupo. 

Ainda quero comprar alguns chocolates. Ainda não sei quais, mas sei que serão de lojas diferentes, para poder provar sabores variados. 

A internet no hotel é péssima. Quer dizer, meu telefone conecta, mas nada acontece. Algo realmente frustrante, pois não sei resolver. :-(

De qualquer forma, o hotel (Ibis Grand Place) é muito bem localizado. Fica na Praça Agora, pertinho da praça principal e a poucos metros da estação Bruxelles-Central. O café da manhã, como em qualquer hotel da rede Accor, é pago (14 euros) à parte, mas vale a pena. 


Fomos até o Atomium, a reprodução de um átomo gigante. Tinha programado passear dentro dele, mas chegando lá não tivemos coragem. Apenas passeamos e aproveitamos o sol. 

Nenhum comentário: