quinta-feira, 2 de julho de 2020

Liberdades

Desde que moro na Alemanha, perdi o hábito de me pesar com frequência. Para dizer a verdade, nos últimos dois anos e meio, só me pesei uma vez quando fui ao Brasil em marco de 2019. Acho meio libertador. No geral nao sinto falta de saber quanto peso. Controlo um pouco pelas minhas roupas. No momento, por exemplo, percebo que as roupas estao meio desconfortáveis, o que serve de sinal para dar uma maneirada no que como, o que nem sempre é fácil, pois como tenho andado mais de bike, tenho mais fome quando chego em casa. A tentativa é ter lanchinhos mais saudáveis para comer entre as refeicoes e nao ter uma fome assustadora.

Acho que pela primeira vez na vida estou com uma pessoa que nao se importa com o peso, seja o dela, seja o meu. Isso também é libertador. Nao ter, além de você mesmo, alguém de olho no quanto você pesa.

Para a semana que  vem estou planejando marcar consultas com o clínico geral e com a dentista. Consultas de rotina que tinha planejado fazer depois da viagem ao Brasil, mas que, obviamente, nao deu.

Ontem o dia estava lindo e depois de sair do trabalho passei em casa, troquei de roupa e fui pegar um pouco de sol à beira do rio. Esse é um dos momentos em que fico feliz por morar aqui. É tao bom poder simplesmente deitar no gramado público perto de casa, de biquíni, sem receio de ser importunada. Eu nao estava só. Quando cheguei havia outra garota tomando sol, um rapaz. Logo depois chegaram dois para beber cerveja olhando o rio.

Hoje o tempo amanheceu ruim. Acabei vindo de ônibus. Agora estou pensando se vou dar uma passeada no centro - depois de três meses sem fazer isso -, comer algo por ali e depois ir para casa. Torcer para o tempo se manter firme, sem chuva.

2 comentários:

Lud disse...

Sabe que não ligar para o peso (o que é ótimo) pode ter tudo a ver com a Alemanha? Olha que legal o que a antropóloga Mirian Goldberg fala sobre as alemãs: https://bit.ly/2NU2vDy.
Beijos!

Rafaela disse...

Oi, Lud! A Mirian tem toda razao. Entre as mais jovens, há vez ou outra algo sobre o tema, mas no geral, ninguém se alonga muito nisso ou perde tempo falando algo sobre o próprio corpo. Beijo

Surpresas nem sempre são boas...

A vida nos surpreende de um jeito às vezes.  Meu 2022 estava indo bem, já tinha feito algumas viagens, tinha outras planejadas, iria receber...