quarta-feira, 15 de julho de 2009

Sem computador

Comprei um computador novo no fim de junho e até agora ainda não consegui usá-lo direito. Cinco dias depois de comprado, ele surtou. Voltou para a loja. Ficou lá uma semana e quando retornou para casa não funcionou nem um dia inteiro. Dá para imaginar o quanto estou frustrada com tudo isso.

E o meu antigo, tão bonzinho, hoje vejo, já está sendo bem usado lá em Lages pela minha irmã.

Para completar, estou cheia de coisas para fazer. E sem computador, imaginem que bom que está sendo. Ontem à noite, passamos por um táxi estragado e pensei: uma jornalista sem um computador é quase como um taxista sem seu carro...

Sorte minha é que o Claudio tem um computador sobrando e me emprestou. É impressionante como essas coisas ficam atrasadas em tão pouco tempo. O YouTube é uma bom exemplo disso:


(É preciso clicar na foto para ver a mensagem)

Apesar de velhinho, ele não decepciona. :)

Nenhum comentário: