sábado, 18 de julho de 2009

Viagem ao Sul II

Depois da paradinha em Florianópolis, partimos para Vacaria, com direito a 20 minutos em Lages. Claudio estava preocupadíssimo com o frio. Cariocas... Só que nem estava frio em Lages, que costuma ser a terra mais fria do mundo.

Chegamos a Vacaria perto das quatro da manhã. A mãe estava, claro, acordada nos esperando. Sem aceitar comidas ou bebidas, dormimos até as oito, pois a programação seria intensa e nada de dormir até tarde para dar tempo de fazer tudo.

Depois de receber a visita da madrinha, seguimos para o sítio, em Muitos Capões. Claudio nunca tinha andado por lá. Esse sítio era do meu avô. Sendo assim, tem um valor sentimental muito grande e por mais que eu não seja muito "rural" na minha essência, gosto de ir para lá de vez em quando pelas lembranças boas que evoca.

Depois de uns 20 anos de espera, ou mais, finalmente, tem energia elétrica no sítio. Eu já estava abrindo as janelas para mostrar para o Claudio a casa pequena que existe lá no lugar onde era a casa do vô e da vó, quando a mãe fez o "milagre": acendeu a luz no interruptor na parede!

Caminhamos um pouco por ali, a mãe mostrou as estimadas parreiras para o Claudio, pegamos nossa própria mudinha para trazer para o Rio e voltamos para Vacaria. Afinal, os visitantes mais esperados estavam para chegar à tarde: as netinhas Isabelle e Julia. Depois disso, sabíamos que seríamos relegados a segundo plano. :)

Enquanto as visitas não chegavam, deu tempo de sermos os últimos no restaurante Mangiare. Afinal, almoço lá é ao meio-dia! E já eram duas da tarde. O pudim de sobremesa foi o melhor de todos os tempos. O café foi na Algo Mais, que abriu perto da casa da mãe. Lá, reencontrei uma amiga querida e já mudamos nossos planos. O pouso naquela noite não seria mais na casa da madrinha, mas na casa da Ju e do Cuco para colocar a conversa em dia.

E foi o que fizemos depois um lauto rodízio de pizzas no Clube do Comércio com a família toda - que soma o incrível número de oito pessoas! :) Ju nos esperava com pinhões, queijos, copa e mais petiscos. Além de um vinhozinho. Foi uma noite memorável.

2 comentários:

mariedobrasil disse...

Parece bem legal là, apesar do frio, hehehe. Espero conhecer sua terra um dia tambem.
Beijos

Mamãe Rafa disse...

Então viesse pro sul?! hehehe
Pena q foi assim tão rapidinho... Da proxima vez, tenta passar passar mais tempo em Floripa! Assim nos encontramos, tomamos um vinhozinho...
Bjos!