segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Mario Quintana

Ter lido estas linhas do Mario Quintana hoje de manhã no blog Catalisando, me fizeram pensar que está mais do que na hora de eu finalmente passar meus olhos pela obra completa desse meu conterrâneo. Vou começar por um livrinho que tenho aqui em casa mesmo.

Vejam se não é lindo - e tão verdadeiro:

“A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira...
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já passaram-se 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.
Se me fosse dada, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho,
a casca dourada e inútil das horas.
Desta forma, eu digo:
Não deixe de fazer algo que gosta devido à falta de tempo,
pois a única falta que terá
será desse tempo que infelizmente não voltará mais.”

— Mario Quintana

2 comentários:

Mamãe Rafa disse...

Muito bom ler isso... é exatamente como falaste: lindo e verdadeiro.
Bjo!

Aline Cabral Vaz disse...

Lindo mesmo. Bj e obrigada pelo comment!