sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Pena de si mesmo? Adianta para quê?

Hoje quase caí na cilada de ficar com pena de mim mesma.

Trabalhei, apesar de ser feriado, mas até aí, normal, pois estou acostumada faz tempo a trabalhar em feriados ou fins de semana. Até ganhei uma carona, para não precisar circular pelas ruas vazias do começo da manhã.

A tal peninha veio mesmo na hora de sair do trabalho. Só percebi que estava chovendo quando cheguei na porta da rua. Pensei em pedir para o Claudio me pegar, mas ele estava em Copacabana almoçando. Foi aí que pensei: coitadinha de mim, vou ter que ir a pé, sem guarda-chuva, de óculos, vou me molhar toda.

Nos primeiros 100 metros, fui encolhida, causando dó.

Foi quando me dei conta que era uma grande bobagem. A chuva estava fininha, eu estava bem agasalhada, água seca e que estava tomando chuva pelo simples fato de ter esquecido de pegar um guarda-chuva de manhã. A previsão era de chuva, não fui pega de surpresa.

Também pensei que ficar com pena de mim mesma não ia mudar em nada a situação.Cheguei um pouco molhada, é verdade, mas nada que um banho não curasse. Aliás, até falei para o Valdeílson, nosso porteiro da tarde, que hoje nem precisaria tomar mais banho, pois já tinha tomado um de chuva. :)

Nenhum comentário: