quinta-feira, 27 de novembro de 2014

À espera...

A semana foi de descanso forçado. Primeiro por causa do torcicolo que me incomoda há mais de uma semana. A viagem ao RS foi difícil por isso. Nossa, fazia tempo que não passava tão mal. Sorte que a Ju, minha amiga querida de sempre, estava lá para me encontrar e salvar. Nem pudemos conversar direito, eu mal podendo ficar de pé, literalmente.

No sábado, felizmente, eu estava mais ou menos. Consegui fazer as provas, mas fiquei com um sentimento de que tinha ido muito mal. No final, deu tudo certo. Não vou conseguir ficar com 10 em todas as disciplinas como era meu objetivo, mas não farei tão feio assim no geral. Voltei para casa me sentindo estranha. O domingo foi esquisito, sem resposta do orientador e sem ter o que estudar. 

Já fiz quatro sessões de fisioterapia, me sinto bem melhor, mas ainda vou procurar outras soluções. Em oito anos, já tive uns três torcicolos.

Já perdi a conta de quantos dias se passaram desde que enviei a versão "final" do meu documento de qualificação para meu orientador. Há 10 dias esbarrei com ele na UFRJ, disse que estava lendo... Deve ler uma linha por dia... Faltam 14 dias para a qualificação. Ontem, fechei a banca. Cansei de esperar, fechei do jeito que achei melhor. Pelo jeito o resto também será assim...

Felizmente na semana que vem receberemos visitas e poderei pensar em outras coisas, me distrair disso tudo. Estamos contando os dias para a chegado do Alê e da Van - que esperam pela Luiza. :)

Ao mesmo tempo, planejamos nosso viagem de férias de fim de ano ao Uruguai. Será tão bom. Nem estou fazendo muitas buscas, mas Claudio disse que vai descobrir lugares legais para irmos. Não vejo a hora de chegar o final do ano. 

Até lá, porém, tem a qualificação, tem a celebração de Natal com meus amigos queridos do mestrado, talvez mais uma viagem ao RS. Pena que para os problemas mais pesados e complicados não há perspectiva de solução. O coração aperta às vezes, mas cada um escolhe a vida que quer - e chega uma hora que é necessário cuidar apenas da minha, o que já ocupa bem meu tempo.

Nenhum comentário: