sábado, 8 de agosto de 2015

Leveza distante

Às vezes eu me sinto tão "pesada". 
Acredito que a vida seria muito mais fácil se eu a encarasse de forma mais leve.
Precisa ser um esforço diário e, como nos exercícios do pilates, de concentração. 

Um comentário:

Daise disse...

Eu me identifico muito com essa descrição, infelizmente. Tanto desperdício de energia com preocupações desnecessárias.
Beijão.