segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Luz que entra pela janela...

... clareia mais do que a sala, ilumina a alma.

É impressionante o poder de um dia claro, de céu azul e repleto do frescor de uma manhã de inverno (carioca).

Hoje eu tive uma agradável surpresa ao abrir a janela que fica na lateral da minha mesa de trabalho. Na semana passada todas as árvores da rua onde fica o escritório do DAAD foram podadas. Esperávamos por isso há pouco mais de um ano, pois toda vez que ventava forte os fios de energia batiam contra os galhos das árvores provocando barulhos assustadores. Pois bem, na semana passada finalmente Light e Comlurb realizaram o serviço. Agora eu consigo ver o Cristo Redentor da minha janelinha.

***

Comecei a ler ontem à noite um livro chamado "O álbum". Segui lendo até a 1h e hoje de manhã ele foi comigo até a academia. Faltam apenas 24 das 237 páginas para eu chegar ao fim da bela história de Huck e Gabe. Tão logo eu termine de lê-lo, já sei para quem darei o livro.

***

Acabei dormindo tarde ontem. Apaguei a luz, mas quem disse que o sono vinha. Acho que adormeci somente lá pelas 2h. Quando o relógio tocou hoje sem cedo, nem quis acreditar, mas forcei meu corpo a sair da cama e a caminhar até a academia. O livro mencionado logo acima foi o responsável por me tirar da cama. Nem vi o tempo passar.




Nenhum comentário: