quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Status: 100 páginas

Ufa! Acabei de enviar ao professor um segundo rascunho do texto da minha tese. Ainda precisa ser muito trabalhado, reescrito, burilado, ampliado, mas confesso que me deu um felicidadezinha chegar à página 100. Parece que agora vai dar certo, mesmo que eu saiba que ali está realmente uma versão que passará por alterações profundas. Consegui sistematizar de certa forma a ideia da pesquisa - pelo menos até a próxima reunião com o orientador. Alguns parágrafos da revisão bibliográfica já estão quase bonitos. Outros ainda precisam passar por um choque de coerência, mas melhor ter o que editar do que ainda não ter nenhuma linha, só planos na cabeça. :)

Importante nesta fase foi ter tirado três dias de folga do trabalho para me dedicar ao doutorado. Foram seis dias de total dedicação. Fiquei até com a sensação de que se eu tivesse a chance de me dedicar exclusivamente aos estudos a tese estaria pronta para defesa em dezembro. Não custa curtir esta ilusãozinha por uns dias. Foram dias ótimos à frente do computador, terminando de ler artigos baixados há meses, revisando o texto mais uma vez, dando mais uma ajeitada na normalização do texto, me arriscando a escrever algumas seções evitadas desde a qualificação e tomando coragem para buscar a população-alvo da minha pesquisa.

Muito ainda precisa ser feito. Ainda faltam mil coisas para chegar ao fim, mas acho que esses dias mergulhada no assunto me trouxeram o encantamento que estava faltando. Hoje, que voltei ao trabalho, fiquei contando as horas para retomar o texto. Isso nunca tinha me acontecido antes. Dá até um calorzinho no coração. :)

Que esta paixão siga firme e forte pelos próximos seis meses.

Nenhum comentário: