Viagens, pássaros, brotos e cinema

Para alguém que gosta de fazer mil planos, só poder planejar o futuro bem próximo é algo meio angustiante. Hoje decidi sobre os próximos dois meses na Alemanha. Saber onde estarei e o que estarei fazendo nos próximos 60 dias (quase 80, de fato) me traz alguma tranquilidade. Minha rotina não deve se alterar muito, o que é bom e ruim.

Novidade (empolgante) é que há uma pequena viagem prevista para o começo de maio. Eu até me impressiono com a sensação que isso me causa, há uma reação não apenas emocional, mas física. É como se uma dose de energia fosse injetada no meu corpo. Taí, viajar é a minha "droga". Eu fico realmente eletrizada.

O frio parece que foi embora, por enquanto. É bom poder andar nas ruas sem ter que esconder as mãos e o rosto do vento que parecer cortar a pele. O que mais me impressionou nos últimos dias foi o canto dos pássaros. Ou eu estava surda até agora ou eles realmente só chegaram a Münster nos últimos dois dias. Estão superempolgados (acabaram de chegar de viagem, deve ser isso!), parece querer contar todas as novidades.

Como no ano passado, um dos meus passatempos preferidos ao andar pelas ruas é observar os brotos nas árvores e nos arbustos. Esse renascer é realmente algo inspirador. Não interessa o que aconteça, as plantas seguem seu curso. A primavera é mesmo uma beleza! Feliz pela oportunidade de acompanhar isso de perto novamente.

Comprei ingresso para ver um filme alemão no sábado. A sessão contará com a participação do diretor Lars Kraume. O filme chama-se Das schweigende Klassenzimmer (a tradução é algo como A sala de aula silenciosa) e mostra o caso de uma turma que decidiu fazer um minuto de silêncio em homenagem a vítimas de alguma violência na Hungria e os alunos passaram a ser perseguidos como opositores do regime. A história se passa na antiga Alemanha socialista (DDR). Acho que será uma vivência bem legal.

Comentários

Lud disse…
Também adorei ver a mudança do inverno para a primavera. Parece que acontece de um dia para o outro: no sábado as árvores estão peladas, no domingo tem uma névoa verde nos galhos (os brotos!), e na segunda as folhas estão lá!

Boa temporada prolongada na Alemanha!
Rafaela disse…
Obrigada, Lud.
Hoje foi o primeiro dia sem o casaco mais pesado. :)

Postagens mais visitadas deste blog

De Porto Alegre a Colônia do Sacramento de carro

Meu (longo) processo de cidadania italiana

A Step You Can´t Take Back