Deutsch - Liebe und Hass

Tenho uma relação de amor e ódio com o idioma alemão.

Gosto de ouvi-lo, de lê-lo e algumas vezes até de falá-lo, mas tenho momentos de total aversão. E isso normalmente quando as coisas ficam difíceis, quando as combinações de verbos, pronomes específicos e declinações mostram-se complicadas demais.

Depois de um ano afastada (apesar de o idioma fazer parte do meu dia a dia no trabalho), estou voltando hoje às intermináveis aulas de alemão. A expectativa é sempre grande. Será que os assuntos escolhidos serão interessantes, será que o professor realmente vai relembrar o que já esqueci, será que vou realmente reter na minha cabeça todas as informações novas?

Resposta ainda não há, mas espero de coração que seja uma boa experiência.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De Porto Alegre a Colônia do Sacramento de carro

Meu (longo) processo de cidadania italiana

Voltei