terça-feira, 12 de março de 2013

Pensieri

Ontem assisti o filme Up, que estava na minha lista havia anos. Que filme mais bonitinho! Que bela história de amor viveram Carl e Ellie. Fui dormir bem tarde, mas bem feliz.


A gripe resolveu acompanhar esta primeira semana de aulas. Fazer o quê? Também nem posso reclamar. Melhor uma gripe de vez em quando do que algum problema mais sério.

Minha primeira aula será apenas na sexta-feira. Amanhã, teremos aula inaugural, que eu nem sei se conseguirei ir. Mudei meu horário no trabalho, mas a aula foi marcada justamente fora dos horários previstos. Chato já na primeira semana pedir para trocar o horário recém-instaurado.

Hoje é dia do bibliotecário. Há alguns anos, desde que comecei a me envolver com a ciência da informação, tenho pensado seriamente em fazer uma nova graduação, em biblioteconomia.
Neste ano, tentei tornar esse sonho realidade, mas ainda não foi desta vez. Pedi reingresso na UFRJ, mas como apenas 390 dos meus créditos de comunicação social tinham a ver com o novo curso, minha inscrição não foi homologada. Eram necessários pelo menos 660. Fiquei triste na hora, mas logo passou. Acredito que as coisas sempre ocorrem da melhor forma. Se não era para começar agora, que seja no futuro, ou não.
Minha cabeça vive cheia de ideias. E já estou com uma nova. Se não der para ser biblioteconomia, já tenho outro plano prontinho.

Voltei às aulas de alemão. A primeira foi bem boa. Turma cheia. Vai ser mesmo uma revisão gramatical, bem o que eu estava querendo. Começamos revendo as declinações básicas do alemão, Akkusativ, Dativ, Genitiv. Vamos ver o que me espera na próxima quinta.

Os preparativos para nossa viagem seguem de vento em popa. Ontem reservamos o carro. Esses dias, escolhi o último hotel e comprei ingressos para o show da banda The Killers, que veremos em Lucca. Agora, faltam apenas os ingressos para uma ou duas galerias de Florença e fazer uma estimativa do que iremos gastar com comida.


 Mr. Brightside

Pensando na Itália, dia desses resolvi escrever para o consulado italiano para saber como está o andamento dos pedidos de cidadania italiana. Fiquei surpresa pela resposta rápida que recebi. Eu me inscrevi aqui no Rio em setembro de 2008. Descobri que estão chamando os processos de 2004. Terei mais alguns anos de espera. A boa notícia é que todos os inscritos serão chamados. A legislação andou mudando de uns tempos para cá. Espero que meu caso ainda seja analisado. Pelo visto, terei passado dos 40 quando me chamarem... Ainda assim, não dá para desanimar. Afinal, ninguém sabe o que o futuro nos reserva.

Nenhum comentário: