sexta-feira, 1 de março de 2013

Eu amo meu iPad

Mesmo sabendo que nós devemos ter amor pelas pessoas e não pelas coisas, preciso confessar... eu amo meu iPad, desde o primeiro momento em que o tive em minhas mãos, em agosto de 2010. Mesmo tendo sido lançadas duas atualizações, eu continuo gostando muito do meu e nem penso em comprar outro.

O que me inspirou a comprar o iPad foi o fato de ter que ler muitos e muitos PDFs em meus estudos de mestrado. Achei que facilitaria muito e não precisaria ficar fazendo impressões. De fato, ele foi de grande ajuda no processo de confecção da minha dissertação. Só que o mestrado acabou e durante alguns meses, o iPad ficou esquecido, especialmente depois que comprei o iPhone.

Quando o doutorado começou, em 2012, ele voltou a ganhar alguma atenção. Nos últimos meses, porém, com a assinatura do Netflix e depois de ter baixado o aplicativo Kindle, meu iPad ganhou vida nova. É ótimo para ver filmes e parece ter nascido para exibir livros. Foi como reavivar uma paixão antiga.

Por causa disso, a tentação de comprar muitos livros na Amazon.com.br tem sido bem grande. Os preços são realmente convidativos e todas as semanas há uma promoção interessante.

A boa notícia para quem não tem algum tipo de tablete é que o aplicativo pode ser baixado também no PC. Acabaram-se as desculpas, é hora de começar a ler!

4 comentários:

Daise disse...

Curioso, hoje de manhã eu mexi no meu kindle e pensei: "é o meu gadget preferido". Eu gosto muito, muito dele. Tenho um iPad justamente pela mesma razão principal que descreveste: ler os PDFs do mestrado, que não consigo ler no kindle (fica muito pequeno, as figuras são difíceis de visualizar). Mas eu amo o meu kindle. Tanto que eu tinha como objetivo ter o kindle antes do iPad, e assim o fiz. Eu já passo muito tempo no computador e agora no iPad, me preocupo com o excesso de luz nos olhos, então quando eu puder evitar, evito. Li muito sobre isso e me apaixonei pela tecnologia e-ink. Nem baixei o aplicativo do kindle pro iPad. O kindle é tudo de bom: pequeno, leve, sem emissão de luz... Eu adoro meu iPad, mas amo meu bichinho kindle. :)

Daise disse...

Rafa, estou preparando um bolo e resolvi tomar uma taça de vinho enquanto espero a massa assar para fazer a cobertura. Enquanto isso, peguei o iPad e estou lendo os arquivos do teu blog. Como estou fazendo isso acompanhada de uma taça de vinho, achei justo comentar contigo. É quase uma homenagem, mas não foi planejada. =P

Le Vin au Blog disse...

Oi, Daise!
Obrigada pelos comentários.

Sabe que só conheci o kindle na última sexta-feira. Nunca tinha visto um pessoalmente. Confesso que balancei. É muito leve e realmente bem melhor para leitura. Eu baixei a luminosidade do iPad o máximo que deu, mas ainda assim fica meio claro. Agora, vou ter que me controlar para não comprar um kindle... :)

Gostei da cena do vinho. :) Eu mesma nunca fiz isso. Aqui em casa, nunca tem vinho disponível para ser bebido em taças. Acabamos sempre abrindo e bebendo todo o conteúdo da garrafa. :)

Daise disse...

Ah, mas vale tanto ter um kindle. :)