segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Verão europeu

O verão europeu é bem temperamental, devo dizer, mas nem dá para reclamar. Pelo menos os casaquinhos são mais leves e às vezes fica até bem quente, como aconteceu uns dias atrás. Hoje, porém, amanheceu nublado. Eu gosto de dias nublados, sempre gostei. Lembro que adorava os dias de chuva quando era estagiária de um banco lá em Esmeralda. Eram dias mais tranquilos e as pessoas, que tinham mesmo que ir ao banco, acabavam ficando até um pouco mais e batendo um papo. É claro que semanas e semanas de dias nublados não são legais, mas assim, uma vez ou outra, é bom para dar um acalmada.

Ontem fui a uma apresentacão musical no Castelo de Heidelberg. O castelo é uma ruína, mas tem um charme incrível. Eu sempre fico feliz quando o visito. O concerto fechou o festival que estava sendo realizado lá em cima desde o final de junho. É como se o verão estivesse entrando na reta final, o que de certa forma é verdade. Os dias já começaram a diminuir. Meu plano é aproveitar agosto da melhor forma possível. E sei que vou, já que estarei com visitas durante quase metade do mês, para minha alegria.

***

Sábado fui a minha primeira festa de aniversário na cidade. Foi bem legal. Existem algumas áreas para fazer churrasco nas florestas por aqui. A reserva costuma ser feita com um ano de antecedência. Esses dois novos amigos já comemoram juntos há 12 anos. Até agora nunca choveu no dia da festa. No sábado, o dia começou terrivelmente feio, mas depois do meio-dia o sol surgiu e ficou até mais quentinho. As festas aqui começam no finalzinho da tarde, o que acho maravilhoso. Quando termina, ainda dá para voltar de ônibus para casa.

Como a festa foi no alto da montanha, precisei arrumar uma carona. E aí tive uma grata surpresa. A pessoa a quem pedi a carona, já ia levar toda a parafernália da festa, mas me indicou outra possibilidade. No dia da festa ainda me escreveu para ver se eu tinha conseguido e me dando outras duas alternativas. Eu me senti feliz com a preocupacao. Deu tudo certo, cheguei e saí da festa sem grandes problemas.

Eu gostei da festa também porque, por incrível que pareca, havia vários conhecidos, dos encontros de sábado de manha, e em nenhum momento em senti pouco integrada. Isso realmente é um avanço - e um retorno da postura que adotei nos últimos meses, de certa forma, quando resolvi me arriscar mais para fazer novas amizades.

Nenhum comentário:

Surpresas nem sempre são boas...

A vida nos surpreende de um jeito às vezes.  Meu 2022 estava indo bem, já tinha feito algumas viagens, tinha outras planejadas, iria receber...