terça-feira, 2 de novembro de 2010

Tropa de Elite 2

Acabei de voltar do cinema. Assistimos Tropa de Elite 2.

Sabia que eu sairia meio mal do filme, mas não achei que fosse tanto. O problema não é de forma alguma o filme, que é bem feito. O problema é a história que ele conta.

Eu sei que se não se eu não morasse aqui, eu nunca teria ido ver. Bom, eu não queria ir, mas como o Claudio sempre vai ver minhas comédias românticas, achei que sereia justo acompanhá-lo.

Eu ando com muito medo. Nas últimas semanas, vários arrastões vêm ocorrendo na cidade. Estou assustada. Alguns foram bem perto de onde eu trabalho, bem perto de onde eu mesma fui assaltada...

Não tenho muito para perder, mas tenho medo da agressão do ato em si. Não desejo a ninguém.

Voltando ao filme. Ver nele cenas já relatadas nos jornais, é para ficar realmente deprimida. Eu gostaria de acreditar que tem solução, mas não dá. Toda vez que olho um carro da polícia, fico confusa com que sentimento deveria ter. Não sei ao certo qual é.

Saí do filme triste, desesperançada. Talvez isso mude amanhã, talvez eu volte a acreditar que não devemos perder a fé, mas, por hoje, nåo consigo.

Nenhum comentário: