Ansiosa

Na semana passada, conheci a emergência do Hospital São Lucas. Acordei as 4h com um incômodo que já vinha se anunciando há alguns dias. Dito e feito, estava com uma pequena infecção. O resultado do exame demorou duas longas horas. Tomei os remédios e passei o dia todo na cama. No dia seguinte, já estava (quase) recuperada.

Hoje de manhã, lá estava eu de novo. O médico foi bem mais atencioso que a da semana passada. Porém, desta vez eu não sai "curada" do hospital. Diagnóstico para uma dor chata no peito: ansiedade. O que vem a ser isso, perguntei ao médico. Você está ansiosa com alguma coisa que precisa fazer no futuro. Não fiquei muito convencida com a simplicidade da explicação. Comprei os remédios, tomei-os e me sinto exatamente igual ao momento em que acordei - novamente - às 4h...

Seria fácil entender se eu tivesse ficado assustada de ontem para hoje com tudo que vem acontecendo na cidade, mas a verdade é que faz dois meses que essa dor tem aparecido. Só que de ontem para cá de forma constante.

Vamos ver se amanhã isso vira assunto do passado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De Porto Alegre a Colônia do Sacramento de carro

Meu (longo) processo de cidadania italiana

Voltei