Tranquilidade

Não sei se foi porque finalmente entreguei o documento da qualificação, mas de repente me deu uma tranquilidade. Ainda preciso enfrentar a banca, mas isso ainda parece meio distante e acho que a ficha deve cair somente depois do fim de semana.

A viagem ao Rio Grande do Sul aconteceu no momento certo. E talvez isso também ajude a ter essa sensação.

Outra razão pode ser a perspectiva de uma festa incrível no fim de semana, quando a Carol e o Marcelo se casarão em alto estilo. Estou contando as horas. Vai ser muito legal!

E também talvez porque agora estou quase me permitindo sonhar com a viagem que faremos no mês que vem. Até então, minha cabeça estava tão tomada que nem podia pensar em caminhar por Paris ou me imaginar em Cesiomaggiore, na Itália.

Isso é muito bom!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

De Porto Alegre a Colônia do Sacramento de carro

Meu (longo) processo de cidadania italiana

Voltei