segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Inevitável

Sempre que morre alguém próximo ou algum famoso que conheço desde criança, fico pensando... na vida.

A morte é inevitável, todos sabemos, mas ela sempre consegue nos pegar de surpresa. Parece que não acreditamos quando alguém chega ao fim. Eu nunca fui tão ligada ao ator Marcos Paulo, mas de um jeito ou de outro, sempre soube o que ele andava fazendo ou com quem estava namorando. Em 2001, durante férias em Natal, ficamos hospedados no mesmo hotel. Ele ainda era casado com a Flávia Alessandra e a filha dos dois era pequenininha.


Essa aproximação com o tema me faz pensar o óbvio: melhor mesmo é aproveitar cada momento da melhor forma possível, sem ficar se prendendo no que não vale a pena.

Nenhum comentário: