quinta-feira, 16 de maio de 2013

Ansiedade acadêmica

Ando bem nervosa ultimamente pela indecisão do projeto de doutorado. Quanto mais nervosa fico, mais paralisada me sinto. Isso acaba criando um ciclo muito ruim. Como disse, quanto mais paralisada, mais nervosa. Quanto mais nervosa, mais paralisada. As reuniões com meu orientador não têm me ajudado a quebrar essa rotina. Amanhã terei mais uma. As últimas duas foram desalentadoras. Espero que amanhã seja melhor.

Toda vez que falo com alguém sobre isso, a primeira frase é: "troca de orientador!". Não é assim tão fácil, pois continuarei sem projeto. Tudo bem que já tive dois começos de ideias que foram "destruídas" logo de início pelo orientador, mas não acho - ainda - que isso seja motivo suficiente para mudar de orientador. Mesmo por que isso não é a coisa mais simples do mundo. Só sei que por ora estou até com dor na minha barriga de ansiedade.

Atualização: acabei de ler meu horóscopo e achei engraçado o que estava escrito nele.



Tempo de ser paciente.


2 comentários:

Aline Vieira disse...

Li seu comentário sobra a ansiedade acadêmica e se isto te serve de consolo, passei pela mesma situação e a minha foi pior, você acompanhou um pouco, minha orientadora me abandonou, tive que mudar totalmente de tema e consequentemente de projeto. E o aprendizado que eu adquiri passo pra você: Não mude de orientador, vocês chegarão a um consenso e tudo dará certo. Como diz a minha amiga Anne, a "famosa da Tijuca", não se preocupe, no final tudo se resolve. Bjs. Aline Vieira

Le Vin au Blog disse...

Oi, Aline! Obrigada! Hoje, às 8h da manhã de um sábado, tive uma nova ideia. :) Levantei-me correndo para anotar e não me esquecer. Tenho nova reunião na segunda, vamos ver como se desenrola. Bjs