quarta-feira, 1 de maio de 2013

1º de maio de 2013

Um mês inteirinho e repleto de oportunidades começa hoje!

Abril parece que passou como um sopro. Acabei nem fazendo um post sobre o que planejava. Olhando agora, nem sei se evoluí muito nos meus projetos de março para cá. Em abril, parece que apenas vivi, sem me preocupar muito com o que tinha para fazer.

Claro que nem tudo foi assim.

Comecei abril fora do Rio. Acompanhei minha mãe em uma cirurgia no Rio Grande do Sul. Acabei ficando a primeira semana lá. Dediquei-me a fazer-lhe companhia, não dando muito atenção para a lista de tarefas que pensei em realizar durante os dias de "férias" que tirei do trabalho e das aulas. Voltei com a lista maior ainda, mas sem me preocupar tanto.

Havia uma preocupação maior que leituras de aula, exercícios de alemão ou compromissos de trabalho: a decisão sobre meu projeto de doutorado. Pensei em várias ideias, argumentos, grupos a serem pesquisados. Tão logo voltei, tive a primeira reunião do ano com meu orientador. Ele me fez desistir de todos os meus planos. Quase chorei, e voltei para a estaca zero.

Agora, prestes a ter uma nova reunião, continuo correndo atrás do tema. Já tive novas ideias, fiz novas leituras e pesquisas. Talvez agora consiga encontrar algo mais conectado com a ciência da informação. Vamos ver. Também algo mais próximo do jornalismo.

Aquela primeira semana longe de casa acabou atrapalhando todo o planejamento do mês em relação à alimentação. Acabamos saindo mais de casa para comer. Plano certo para maio é retomar o cardápio semanal e as compras bem definidas no hortifruti e no supermercado. A rotina na academia foi mantida, por isso, felizmente, não houve alterações em nosso peso.

Faltam dois meses para nossa viagem de férias e queremos estar muito em forma quando partirmos para um mês de esbórnia. É uma forma de atenuar o desastre que já prevemos. :) Bom, quem sabe conseguimos seguir uma dieta mediterrânea.

Marcamos a primeira corrida do ano. Isso acaba servindo como incentivo para não bobear com os treinos. Como acabei um curso que estava fazendo às quartas à noite e resolvi dar um tempo na análise, estou com duas noites a mais para treinar - e para me dedicar aos estudos também, prioridade no momento.

Nos planos que tinha definido em março estava dar uma atenção especial ao alemão. Estou tentando pelo menos fazer todas as tarefas de casa. A convivência com a estagiária polonesa também tem sido boa para praticar o idioma.

Comecei a fazer um curso de inglês on-line oferecido pela CAPES a pós-graduandos. Está sendo bom. Para cumprir as tarefas, tenho dedicado algumas horas por semana ao curso.

Até a data da viagem, também gostaria de relembrar algumas coisas do italiano. Da outra vez, o pouco que ainda lembro (do curso feito nos anos 2000) mostrou-se útil em mais de uma situação.

Nenhum comentário: