terça-feira, 18 de junho de 2013

Avulsos*

Hoje fui fazer um exame em uma clínica aqui perto de casa. Enquanto esperava, acabei vendo duas partes da sessão da tarde. Estava passando um filme chamado Mamãe saiu com um vampiro, filme que me lembrou aquelas produções do começo dos anos 1990. É levinho, divertido e meio óbvio. Apesar de imaginar o que aconteceria no final, depois que fiz o exame voltei para a recepção e assisti a mais um parte. Pensei: melhor voltar para o mundo adulto e ir para casa. Saindo dali aproveitei para marcar uma consulta em um prédio próximo. Qual não foi minha surpresa ao chegar à médica, onde nunca havia estado antes, e me deparar com uma tv ligada na Globo. O mais engraçado foi que o telefone não parava de tocar e a atendente nunca conseguia me dar atenção. Enquanto isso, vi mais uma parte do filminho. Quando ela me atendeu, pensei: puxa vida, logo agora que falta só a parte final?! Sai me dizendo que tentaria viver o final depois na web. Nisso resolvi comprar uma salada no Hortifruti. Quanto cheguei lá, resolvi dar uma volta pela área de lojas. Quem sabe não encontraria uma televisão. Dito e feito. Sentei na minipraça de alimentação e consegui ver o vampiro ser preso com grampos de prata em seu caixão para sempre! Todos viveram felizes para sempre e eu pude voltar para casa me sentindo completa. :)

Estou feliz com o movimento provocado pelas manifestações. O protesto em frente ao computador não está mais sendo suficiente. Na quinta planejo ir para a rua!

A contagem regressiva para a viagem de férias já foi iniciada. Na mesma medida em que diminui o número de dias até as férias aumenta meu nervosismo, pois, para variar, tenho muitas coisas para terminar até lá. Frilas, trabalhos de aula, projeto de doutorado...



Título roubado da Daise, do miúdas alegrias