quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Cenas do Rio: como chegar ao Cristo Redentor

Quando recebi a visita da minha mãe em dezembro, fiz vários passeios de turista pelo Rio de Janeiro. A visita ao Cristo Redentor foi uma delas. Em outra ocasião, já havíamos subido pelo Trem do Corcovado, que tem saída da estação localizada no bairro Cosme Velho. É um passeio bem interessante, pois o trem vai pela meio da floresta. O ingresso pode ser comprado no local e pela internet - adultos pagam R$ 50, incluindo já o transporte e o acesso à base onde está o Cristo Redentor. Informações completas no site do Trem do Corcovado.

O passeio seria muito tranquilo não fossem as filas que se formam na estação. Não há problemas de falta de ingressos, mas às vezes logo de manhã já se esgotaram as passagens para as primeiras viagens. Isso ocorre especialmente nos feriadões e em datas próximas ao Natal ou ao Ano Novo, que era justamente o período em que minha mãe estava no Rio. Primeiro pensei em comprar pela internet, mas o tempo estava tão incerto, que fiquei com medo de comprar o ingresso e pegar um horário muito ruim, com o Cristo encoberto, como estava frequentemente ocorrendo.

Acabei me decidindo por pegarmos uma van. Faz alguns meses que saem vans do Largo do Machado (praça central) e de Copacabana (Praça do Lido). Na primeira tentativa, acabamos não subindo, pois a moça nos informou que a visibilidade lá em cima estava baixa. No dia seguinte, tudo certo!





Pegamos uma fila pequena para comprar os ingressos. Eu paguei uma inteira (R$ 49, que inclui o transporte de ida e volta e o ingresso) e a mãe somente o transporte (R$ 17,64) - mais infos. A fila para pegar a van estava maior, mas não demoramos mais do que 20 minutos para partir em direção ao Cristo. Fomos por Santa Teresa, por um caminho interessante também. Demorou mais ou menos uma meia hora para chegarmos.



No caminho, passamos pelas Paineiras, onde funciona uma bilheteria para quem vai de carro. Não recomendo a ninguém ir de carro. Não vale a economia. O estacionamento é pequeno, lota fácil e às vezes a vaga disponível fica a mais de um quilômetro. Há fila para comprar o ingresso e depois  mais outra para pegar a van. Não é possível fazer este trecho a pé.



As vans que saem de Copacabana e do Largo do Machado passam direto e param somente aos pés do Cristo. Uma dica: a volta pelo Largo do Machado costuma ser muito mais tranquila, pois o volume de passageiros é menor. A espera sob o sol escandante será menor, se houver. Nós passamos direto pela pequena multidão que aguardava a vez de entrar na van que iria para Copacabana.

O acesso ao Largo do Machado pode ser feito de metrô ou ônibus. No site das informações sobre as vans há uma lista de ônibus que passam pela praça.



Nenhum comentário: