segunda-feira, 18 de agosto de 2014

I'm in charge

Girassóis com Monteriggioni ao fundo. Toscana 2013. 
Bem, ainda não sei se estou realmente no comando, mas faz duas semanas que decidi tomar mais decisões sobre o que quero.

Decidi que tenho que me concentrar. Parece bobo, mas tenho uma grande tendência à distração. Nos fins de semana que antecederam os dois últimos, eu passei fora de casa. Percebi, porém, que só vou conseguir me livrar da lista de tarefas que tenho se eu realmente me concentrar. Nada acontece do nada, nada acontece sem algum esforço - lembrando-se que o esforço nem sempre está atrelado às exigências do momento em que vivemos. Por exemplo, quem se esforçou em algum momento de sua vida para aprender inglês, não vai precisar fazer o esforço no momento que precisar falar inglês, mas não quer dizer que não tenha se dedicado.

Decidi dar um tempo nas tais mídias sociais. Hoje mesmo ainda não entrei no Facebook e no Instagram. Só fiz o check-in da academia para não perder o registro. Vou tentar continuar neste ritmo pelo menos por uns dias.

Decidi dormir cedo, para ter um bom rendimento na academia na manhã seguinte (pois não posso ficar sem o exercício, especialmente quando passo mais de 10 horas sentada) e ao longo do dia.

Decidi tentar ser uma boa pessoa com quem está ao meu redor. Não é muito fácil, mas hoje até consegui sorrir para a d. Catarina.

Decidi manter a casa arrumada, pois sei que isso me faz bem e permite que outras áreas fluam melhor. Quando tudo está uma bagunça, meu espírito fica agitado. E agora preciso de calma.

Nenhum comentário: