quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Leitura do Vida Organizada 1

Comecei a ler o livro da Thais (Godinho), que se chama, claro, Vida Organizada. Thais escreve muito bem. Eu realmente gosto do jeito como ela conduz o texto.

Thais nos coloca para trabalhar logo no começo, quando nos faz pensar na maneira como conduzimos um dia atualmente. Logo em seguida, nos convida a imaginar como seria o dia ideal. Fiquei feliz ao perceber que na maior parte do tempo estou fazendo o que preciso e quero. Sempre há algo para ser melhorado, mas já comecei a pensar sobre isso.

Em um outro exercício, é sugerido ao leitor que faça duas listas: uma com o que adora, outra com o que detesta. Na de coisas que adoro, eu poderia escrever bem mais coisas. Na que detesto, tive de me esforçar para escrever as cinco. Ficou assim:

Amo: 
1. Viajar
2. Livros
3. Comédias românticas
4. Ver vídeos no YouTube
5. Sair para comer em lugares confortáveis

Detesto: 
1. Gente pretensiosa
2. Ter que me conviver com pessoas que falam demais (ainda bem que está cada vez mais raro)
3. Bagunça e falta de ordem
4. Comentários tolos e desnecessários (por que me dá vontade de responder à altura, e isso só me faria mal)
5. Fazer algo por obrigação


Observação - 24.08.2014
Li e reli várias vezes estas duas listas de coisas que amo e detesto. Fiquei encucada com o teor das duas. Achei que há uma discrepância bem grande entre a modo como uma foi feita e a outra. Na primeira, eu me ative a atividades ou coisas que gosto de fazer. Na segunda, veja só, transferi a responsabilidade para os outros na maior parte da lista. Talvez apenas o item cinco seja algo meu, que eu faço, que eu tomo a decisão. Nos outros, só vi defeito nos outros. Acho que é o caso de refletir um pouco melhor e achar coisas que detesto no que EU faço, que é o que posso gerenciar. 

Um comentário:

Daise disse...

Já gostei mais de ler o blog dela. Sempre prefiro os blogs com tom mais pessoal. Fico feliz pelo sucesso que ela está fazendo, sei que é a realização de um sonho dela, mas tanta "profissionalização" do conteúdo me faz perder o interesse.