quinta-feira, 4 de julho de 2019

Café + sol

Sei lá se foi TPM, autopiedade ou sinais de uma leve drepressao. Tudo isso junto ou nada disso...

Só sei que hoje de manha estava me sentindo bem pra baixo.

Justamente quando estava envolvida nesses sentimentos estranhos e, ao mesmo tempo, pensando que hoje havia comido só um iogurte com cereias de manha, porque tinha que terminar um frila, uma colega bateu aqui na sala, como tem feito todos os dias, para conversar uns minutinhos. Ela comecou a falar exatamente sobre café da manha. A esta altura, eu já havia decidido ir até a máquina de café. Antes, porém, pensei: já passo no banheiro, pois fica no caminho. Resolvi deixar minha caneca e a moeda na recepcao por uns instantes, para nao precisar levar ao banheiro.

Na volta, Rita, uma das recepcionistas, estava de pé, com uma garrafa térmica na mao.

"Hoje as tomadoras de café nao vieram, tem café aqui."

Agradecida e com minha caneca cheia, decidi ir tomar um pouco de sol lá fora. Um pouco de ar fresco poderia me fazer bem.

Sempre tem alguém por ali, fumando, tirando uns minutos, telefonando. Encontrei dois colegas, uma da parte administrativa, um da técnica.

Aqueles poucos minutos de conversa sob o sol foram transformadores. Voltei para minha sala "mais aquecida". Posso pensar que foi somente o café, mas sei que foi mais que isso. Em menos de 20 minutos, a interacao com essas três pessoas (quatro, contando a colega) foi fundamental para mudar meu humor, meu ânimo.

Eu gosto de estar sozinha, mas acho que de uns tempos para cá passei a ter receio da solidao.

Um comentário:

Lud disse...

Ficar sozinha é ótima, mas na medida certa. Contato humano é essencial para a felicidade e o bem-estar (as pesquisas científicas comprovam!).

Beijos de outra introvertida que às vezes fica sozinha tempo demais,
Lud

Surpresas nem sempre são boas...

A vida nos surpreende de um jeito às vezes.  Meu 2022 estava indo bem, já tinha feito algumas viagens, tinha outras planejadas, iria receber...