segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Internet

Esses dias, Claudio e eu estávamos conversando sobre as nossas lembranças mais remotas do uso da internet. É engraçado, faz pouco tempo, mas ao mesmo tempo parece que faz uma eternidade. Meu primeiro contato com a web foi nos computadores da UCS, onde eu cursava jornalismo. O navegador por lá, naqueles remotos dias de 1995 ou 1996, nem sei ao certo, era o Netscape, que seria anos depois derrotado pela Internet Explorer, da Microsoft.

Visitar sites na internet naquela época era algo meio sem graça. Você olhava uma ou outra coisa, mas não tinha muito o que fazer on-line. Poucos tinham e-mails e o (meu) mundo era tão pequeno. Todo mundo que eu conhecia estava tão perto, para que eu iria enviar um e-mail... Lembro que costumava acessar o site do Notícias Populares, um jornal sangrento da época e várias pessoas gostavam de acessar chats. Uma ex-colega de jornal até se apaixonou por um cara de outro estado assim, o que era algo bem diferente na época.

Eu até tinha computador em casa, mas só fui ter internet mesmo em 1999, quando fui morar na Alemanha. Na volta ao Brasil, a internet vivia seu melhor período e praticamente todo mundo já tinha e-mail e costumava navegar com frequência.

Alguém lembra como foi seu início na rede?

4 comentários:

Bia Zandonadi disse...

Foi tarde, já que na roça de onde eu venho(carinhosamente chamada assim, não é pejorativo juuuuro)as coisas chegam mais tarde. Foi em meados de 1999, num curso de informática, depois ganhei um e-email do namorado da época, que não existe mais, nem o e-mail nem o namoro... A senha que uso permanece a mesma, até hoje, acho que é superstição.

Bia Zandonadi disse...

Ahhh, foi nesta época tembém que descobri os blogs,e tenho este costume desde 2001, quando tive meu primeiro blog (já falecido) ... Só lamento ter perdido os arquivos, estavam no computador lá de casa, que morreu também (nossa que fúnebre) hahahahhaha Bejocas...

Anônimo disse...

Em 1996, no Linjur da UFSC. O top dez era o ICQ. Meu primeiro endereço de email é mantido até hoje. Mas o "nick" (hahaha) é tão, mas tão infame que só uso para cadastros sem importância, do tipo lixo eletrônico. Mantenho o endereço não sei porque razão. Serve para me lembrar que minha critividade tende ao ridículo e que é melhor eu tomar cuidado com ela. :-) Beijos. Lu M.

Caco disse...

Também conheci o computador na UCS!
Cheguei ao teu blogue pelo La Terrazita. Muito bom!
:-)