terça-feira, 19 de julho de 2011

Cilada.com

Vimos o filme Cilada.com em uma sessão organizada para blogueiros aqui no Rio. Vi o anúncio no twitter e acabei sendo convidada também. E lá fomos nós então ao Unibanco Arteplex. A sessão foi acompanhada pelo Thelmo Fernandes, o personagem Gerson, um dos amigos de Bruno.

O filme é bem engraçado. Não vai mudar a vida de ninguém, mas também provavelmente nem foi feito com essa pretensão. Achei que tem piadas bem engraçadas e outras nem tanto, mas é aquela coisa, normalmente rimos daquilo com que nos identificamos. Eu achei algumas partes beeemm engraçadas.

Tenho preconceitos contra quem, de cara, já não gosta de filme brasileiro - mesmo que eu não tenha visto tantos assim. Ando com pouca paciência para comportamentos do tipo "não vi e não gostei". Aceito críticas sobre o filme, mas somente daqueles que o tenham realmente visto.

Ainda relacionado ao filme, dia desses li a matéria publicada na Veja. Fiquei meio horrorizada. Tanto como leitora, mesmo que esporádica, quanto como jornalista. O repórter, que nem me lembro o nome, destilava um ódio contra o Bruno Mazzeo. Credo. Será que o Bruno fez algum mal para a família dele? Pois sobrou até para o pai do Bruno.

Acho que ninguém é obrigado a gostar de tudo, tampouco jornalista dá a sorte de escrever só sobre o que gosta, mas acho que é justamente nessa hora que tem que colocar em prática a lendária imparcialidade. Precisava desmerecer o ator daquele jeito para demonstrar que não gostou do filme? Sei lá, acho que tinha outro jeito, mais elegante, de passar a opinião.

Nenhum comentário: