quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Página de um livro bom

Estava procurando o CD da Adele que o Claudio ganhou de aniversário e acabei me deparando com um CD do 14Bis. Passei os olhos pela lista de música e pensei: vai este mesmo!

A segunda música da coletânea é aquela que começa com uma das frases mais nonsense da música brasileira: "Zabelê, zumbi, besouro". A música é boa! Apesar de "zabelê, zumbi e besouro" sempre me fazer rir, esta música tem uma frase que adoro: "página de um livro bom". A frase segue o nome da música, linda juventude. Adorei a ideia de pensar nesta fase da vida como a página de um livro bom. A minha foi bem isso.


Ontem mesmo estava pensando sobre isso, quando o rádio tocava uma seleção de músicas dos anos 1990, todas elas me remetendo a minha adolescência lá em Esmeralda. Foi uma boa volta ao passado. Fiquei pensando como é engraçado pensar no passado. Às vezes, parece como um filme. Imagens desconexas, que nem parecem que foram vividas pela gente.

Nenhum comentário: