sábado, 6 de dezembro de 2008

Chile - mais impressões

Mais algumas impressões da cidade:

- Nunca chove nesta época do ano. Por isso, todos os jardins são irrigados - automaticamente, quase tomamos um banho hoje...

- Há muitas igrejas em todas as partes da cidade;

- O metrô é limpo e a tarifa é mais barata que a do Rio, de 380 pesos a 420 pesos, no horário de pico é mais caro;

- Para andar de ônibus é preciso comprar um cartão chamado Bip!. Só descobrimos isso depois de andar de graça durante duas vezes. Na primeira, achamos que o motorista não nos cobrou por que havia muita gente entrando; na segunda, entendemos que ele não cobra a viagem, só se paga com tarjeta;

- A cordilheira fica encoberta na maior parte do dia...

- Não cruzamos com muitos brasileiros por aqui;

- No metrô aqui perto de "casa", uma associação arrecada ração para cachorro. Deduzi que é para os cachorros de rua;

- Falando neles, só se encontram no centro e nos bairros mais pobres. Em Las Condes e Vitacura, onde andamos hoje, não existem, ou, pelo menos, são bem raros;

- Os restaurantes aqui são bem mais caros do que em Buenos Aires, mas comparativamente são mais baratos que no Rio;

- Fiquei decepcionada com o pisco sour... Provei hoje e não achei tão bom quanto esperava... Vou voltar aos vinhos...

Um comentário:

Mamãe Rafa disse...

Qto passeio gostoso! Aproveitem bastante!
E espero q na volta ao Rio vcs coloquem umas fotos pra gente ver! ;)
Bjo!