quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Detox - dia 1

Impressionante, fui escolher para começar nossa 'detoxicação' justamente em um dia de festinha de aniversários no trabalho! Fiquei firme diante dos vários queijos, dos bolos e da torta de maçã feita especialmente para a data por uma colega. Podia ter comido um pouco, eu sei, mas, sinceramente, não me arrependi de resistir.

Mesmo porque, como pelo menos uma pessoa da equipe nunca come doces, havia morangos, uvas e tomatinhos. Foi isso que eu comi e fiquei feliz.

Voltando um pouco. O dia começou com o já tradicional copo d'água, recomendação do homeopata que consultei meses atrás. Em seguida, ao invés do chá recomendado por ele, um pouco de água morna com gotas de limão. Dizem os entendidos que isso ajuda a limpar o organismo...

O café da manhã foi a papinha que eu também aprendi com o homeopata. A de hoje teve um pedaço de mamão, um de abacaxi, mais linhaça e gengibre. Tinha esquecido como era boa.

É engraçado como podemos ser influenciáveis. Foi só pensar que hoje começava a detox para começar a sentir vontade de comer todas as porcarias que nem fazem parte das minhas extravagâncias.

O almoço foi uma salada esperta preparada ontem à noite. A minha salada, com alface americana, tomate, cenoura, pera, azeite de oliva, alho, cebola, aceto, sal e pimenta-do-reino. Um potão. Bem boa!

Quando cheguei em casa, estava morrendo de fome. Ainda preciso me organizar com os lanches da tarde. Comi algumas amêndoas e, mais tarde, lá pelas 16h30, dividi com o Claudio um pêssego e uma maçã.

O jantar nem pareceu tão diferente: peixe no forno com molho de tomate e arroz integral. Bem leve e saboroso.

O que não fiz muito hoje - e normalmente é natural - foi beber várias porções de água. Amanhã, pretendo me programar para consumir meus 1.300ml diários.

O dia passou tranquilo, mas vou ter que me planejar bem para me manter firme pelos próximos 20 dias...

Nenhum comentário: