quinta-feira, 15 de julho de 2021

Um pouco de tudo

Acho que passei de nível na minha carreira como ciclista. Perdi o medo da chuva. Agora, para nao ir e vir de bike tem que estar chovendo canivetes. Se for uma chuva média, nao vejo mais problemas. Claro que o grande incentivador disso foi ter cancelado o cartao do transporte público. Aliás, hoje estava pensando que já faz quatro meses que fiz isso e tive uma economia de 260 euros. Nada mal, né? Desde entao, usei o transporte público uma vez, mas com o tíquete da viagem que faria a Baden-Baden. Claro que morar perto do trabalho e da estacao ferroviária também ajuda, assim como minha grande sorte de até agora nao ter chovido nem um dia ao ir para o trabalho. Na volta, já tive que colocar a roupa de chuva, mas na ida, nunca.

Uma das coisas mais legais da minha máquina de lavar é que posso programar para ela comecar a lavar mais tarde. Isso é uma ajuda e tanto, pois coloco a roupa na máquina de manha, ela lava uma hora antes de eu chegar em casa e nao fica o dia todo molhada dentro da máquina. Quando chego, está pronta e evito descer e subir até a salinha onde estao todas as máquinas dos apartamentos do prédio, que fica no térreo.

Já o mesmo recurso na máquina de lavar louca ainda nao vi motivo para usar. 

Eu acumulo pontos toda vez que compro em determinadas lojas alemas. Estava com quatro mil pontos e resolvi trocar por algumas coisas que estava querendo comprar. Troquei meus pontos por três produtos: um suporte para celular para acoplar à bicicleta; uma luz com sensor de presenca para o banheiro - pois acho horrível a claridade quando preciso ir ao banheiro de madrugada; e uma balanca. T. ficou triste com a minha decisao de ter uma balanca. Apesar de ele ter uma balanca velha no banheiro, ele viu isso como um retrocesso para alguém que estava tentando ser menos brasileira na pressao que a sociedade impoe em relacao ao corpo. Perdi a luta.

Nesta semana fiz a segunda dose da vacina. Quer dizer, tomei uma segunda vacina. Na primera vez foi astrazeneca; na segunda, BionTech Pfizer. Meu corpo se incomodou um pouco das duas vezes, mas nada pior do que eu já tenha passado na minha vida.

Desde que moro na Alemanha, os veroes tinham sido bem secos. Este ano, nao. Está chovendo horrores em diversos estados, com desabamentos, mortes e perdas enormes. Em Heidelberg, o rio Neckar está bem alto, mas ainda nao teve consequências piores. Só o cancelamento de shows que ocorreriam à beira do rio, o que depois de um ano e meio de cancelamentos de eventos nem surpreende mais. 

Tomara que até agosto melhore, pois gostaria muito de aproveitar minha semaninha de férias com sol. 

Temos duas pequenas viagens programadas e isso me dá uma alegria enorme. Tudo aqui na Alemanha, pois sem ter necessidade, nao tenho a menor vontade de deixar o país. Iremos conhecer (mais eu) duas novas regioes, estou bem animada. 

Diário do câncer de mama 6 - a primeira quimioterapia

  14.06.2022 Primeira quimioterapia, dia 1 Eu estava bem nervosa naquele dia, acordei supercedo. Comi meio Bretzel. Estava com medo de com...